A cirurgia plástica na região genital é conhecida por cirurgia plástica íntima, e pode ser indicada para tratar problemas de saúde, como a bexiga caída, ou para melhorar a aparência dos genitais e a autoestima da mulher. 💄
.
Muitas mulheres buscam esse tipo de cirurgia para se sentir melhor com o próprio corpo, e assim se sentir mais à vontade durante o contato íntimo, o que pode levar à diminuição da dor durante o sexo e aumento da líbido, o que consequentemente, aumenta o prazer sexual. 👠
.
A cirurgia plástica na região íntima feminina pode ser usada para razões estéticas ou emocionais:
- Redução do prepúcio do clitóris para que fique mais exposto e a mulher tenha mais prazer;
- Rejuvenescimento do vagina, com branqueamento genital, quando a mulher acha que seus genitais são muito escuros;
- Lipoaspiração do monte de Vênus quando a mulher acha que sua vulva é muito grande, alta ou larga;
- Redução dos pequenos lábios vaginais somente para que fiquem menores que os grandes lábios;
- Colocar um novo hímen, para que a mulher 'volte' a ser virgem novamente.
.

Razões médicas:
- Redução dos pequenos lábios vaginais: quando causa desconforto durante a atividade física, uso de certo tipo de roupa, dor ou aprisionamento dos lábios durante a penetração, ou se ocorreu depois da gravidez ou parto vaginal;
- Ninfoplastia: Redução do tamanho da vagina após observar grande frouxidão vaginal após o parto vaginal que interfere na satisfação sexual da mulher;
Alteração dos genitais que interferem na penetração ou prazer sexual;
- Perineoplastia: Para combater a bexiga caída ou incontinência urinária, por exemplo. Saiba mais sobre esse tipo de cirurgia em: Como é feita a cirurgia para incontinência urinária.

Saiba mais!
Entre em contato conosco!!